Tolerância zero: Carla Zambelli denuncia ao MP agressão antissemita na UNIFESP Guarulhos

Um jovem e seu amigo foram agredidos fisicamente na UNIFESP Guarulhos por portarem uma bandeira de Israel. O episódio foi registrado por uma das vítimas, Kleber Ribeiro, na madrugada desta quinta-feira, 21/03.

O gabinete da Deputada Carla Zambelli acionou o Ministério Público Federal do Estado de São Paulo para que sejam tomadas todas as medidas legais cabíveis contra os infratores. As condutas perpetradas por eles são descritas como crime previsto no art. 20 da Lei 7.716/89, ferindo diretamente as vítimas e violando a crença e os costumes religiosos de toda uma comunidade.

Além disso, a pedido da parlamentar, o gabinete exigirá do Ministério dos Direitos Humanos do Governo Lula providências urgentes com base num levantamento da Federação Israelita do Estado de São Paulo (Fisesp) que registrou um aumento de 263% de denúncias de antissemitismo no país após a fala criminosa de Lula contra Israel.

Atualmente em licença, Carla Zambelli reforca:”

“Este episódio é mais um resultado do crime de responsabilidade de Lula, que fomentou um crescimento alarmante do antissemitismo no Brasil por meio de seus ataques contra Israel. É importante que medidas efetivas sejam tomadas para garantir a segurança e o respeito à diversidade religiosa em nosso país”.
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no whatsapp
WhatsApp
Compartilhar no telegram
Telegram
Compartilhar no email
Email

CADASTRE-SE!

ESTAMOS SENDO PERSEGUIDOS

E COM SEU CADASTRO PODEMOS ENTRAR EM CONTATO SE ALGO ACONTECER COM NOSSAS REDES